Vozes do Berimbau – Ouvir, praticar e transformar através da capoeira

Na última quinta, 9 de maio, fui ao Centro Cultural, em uma edição especial do Grupo de Estudos Musicalidade e Capoeira, Vozes do Berimbau, para entrevistar o Formigão, mestre de capoeira, responsável pela ação. Para levar até você um pouco do que se trata os encontros deste grupo, que ocorre toda quinta-feira, no prédio da Banda Santa Cecília, em frente ao Theatro Vasques.  

E, tenho uma coisa para confessar, Mogi me surpreendeu mais uma vez. No final da gravação eu disse que gravaria algumas cenas do encontro e que já iria embora, e sabe o que aconteceu? Eles me deram voz. Isso mesmo, novamente conheci mais um movimento cultural produzido por pessoas amorosas e dedicadas ao bem do ser humano. Quando eu percebi, já estava sentada entre eles, bem recebida e acolhida, sendo ouvida, ouvindo e trocando pensamentos socias de uma forma tão leve, que não havia imaginado que aqui, tão perto de casa, encontraria esse potencial.  

Respeitar para ser respeitado!  

Mogi é muito mais que a terra do caqui, Mogi é a terra da cultura popular mais rica deste país!  

Parabéns a todos os produtores culturais, por tanta dedicação e humanidade em suas ações!!! 

Assista ao vídeo até o final e comenta tudo que você achou!!! 

Beijo e até o próximo sábado!!  

Ahhhh e não esquece de olhar a nossa nova aba de eventos culturais, pra você ficar por dentro das atividades que acontecem aqui em Mogi!!!  

😉  

       Redes Sociais 

#Cultura #Capoeira #vozesdoberimbau  
#oquefazeremMogi #mogidascruzes #mogiterradocaqui #arte #turismo #patrimônioimaterial  #transformaçãosocial #educação 

Anúncios