Índio não é fantasia

Eu poderia escrever um textão enorme para defender uma pessoa que deu a vida por você. Muitos homens da cidade, tentaram tirar sua vida, eliminar seus propósitos em defesa da vida, da natureza humana e da saúde do planeta em que vivemos, de pessoas interessadas unicamente em riquezas materiais, dispostas a matar em nome do poder e do patrimonio financeiro.

Esta história é mundialmente conhecida, estou certa de que, em algum momento, você já deve ter ouvido falar. Afinal não é de hoje que essa luta existe e tampouco vai deixar de existir.

Estamos na época da Páscoa, e você pode imaginar do que estou falando. Tenho profundo respeito e fé na história de Amor que Jesus deixou para o mundo, mas neste caso, especificamente, não estou falando Dele.  

Dia 19 de abril, é dia do índio. Estamos na era da consciência e ainda não nos demos conta da fundamental importância do indígena em nossa sociedade. 

Desde crianças, sabemos que o europeu (que tanto idolatramos), enganou o índio com objetos de valor financeiro. Tirou, suas terras à forca e proveito do conhecimento urbano, que o ele não tinha. 

Hoje, ainda que óbvio, não está claro a todos, que o princípio indígena transcende ao tempo e até mesmo às tecnologias criadas pelas mãos dos homens com diploma. A incessante defesa pela vida, através da preservação da natureza, das espécies e até mesmo ao ar que respiramos, corrobora massivamente para mantermos a qualidade da nossa saúde e a do planeta em que vivemos. 

Apenas 5% da população é indígena, e, apoiados em seus princípios são capazes de se unir, lutar e são responsáveis por proteger 82% da biodiversidade do mundo. 

É pouco índio, protegendo a vida pro mundo sobreviver. Salve o planeta”. Disse David Guarani, ativista indígena, no palco do Lollapalooza. 

Eu poderia aqui, encher de dados históricos segundo o IBGE, colocar vários momentos em que as tribos foram atacadas, além de outras situações, que traduzem fielmente tudo que escrevi. Mas eu confio em você, que lê, que você, é sim, um ser pensante, independentemente da sua origem, possui a capacidade humana de respeitar e agradecer, de hoje em diante, cada indígena que você encontrar, por possuir a capacidade de escolher o que quer pensar, buscar opções e entender, que de modo muito prático, os índios existem há muitos mil anos, e a existência do planeta terra, muito se deve a eles. 

RESPEITE E AGRADEÇA AO POVO INDÍGENA.  

       Redes Sociais 

#Cultura #diadoíndio #históriaindígena 

#mogidascruzes #mogiterradocaqui #arte #turismo 

#patrimônioimaterial  #transformaçãosocial #19deabril  

Anúncios